segunda-feira, 27 de junho de 2011

#04

Mais um Outono se despede...

E com ele toda aquela vontade de fechar os olhos e deixar o vento me guiar.
Difícil dor que não quer cessar.
Onde foi aquele perfeito sorriso que aparecia junto do sol sobre a minha janela.

Escondido de lobos e revirando o mesmo baú de antiguidades vejo relíquias que criei.
Talvez aqui, ao meio de tantas coisas boas e ruins, sol e tempestade tentem se entender.

Mais uma noite de tempestade por aqui.
Entre rochedos cortantes e a água salgada procuro acreditar que seja apenas mais uma das noites sem sono e ruídos...espero encontrar cores no fim disso.

Enquanto não acontece, deixo Deus cuidar daquele paraíso que me traz paz.

Dia após dia, noite após noite a vida permanece seguindo e lágrimas não param de regar o solo.
Mas quantas ainda serão necessárias para fazer crescer mais uma flor?

Eu só preciso de uma que faça sorrir a cada manhã
Que me ajude a ser melhor
E me ajude a encontrar cores...

Experimente

Loading...