terça-feira, 4 de outubro de 2016

#91

Estamos aqui e deixamos que
Ondas baterem de qualquer jeito
E do jeito que podemos aguentá-las
Aguentamos...

Não parece tão fácil quando olhamos de dentro
E não é fácil se ficamos com olhos fechados
Simplesmente fingindo

As palavras vão fundo
O coração se segura
A dor é terrível

Mas é só a vida se apresentando da forma mais nítida
"Quão seguro é se sentir seguro ?", interroga o poeta
Que me faz pensar a cada palavra cantada

Não é normal viver
Não é normal ser daqui e muito menos respirar esse ar
Até onde iremos para nos sentir vivos?
Isso é o que eu vos interrogo

Não faço ideia de respostas
Apenas digam onde dá essa estrada
Pois....não importa

Em verdade, quem se importa?





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Experimente

Loading...