quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

#20


Aurora

Eu vejo cores no céu
Cores nas quais não consigo explicar
Cores que formam seu rosto
E que me fazem bem

Mas que cores são essas
Que roubam a minha atenção?
Que me dão uma nova expressão
E que desvendam meus segredos

Vontades sem fim
Que não consigo explicar
Mas que levam a tantos lugares
Que tem o mesmo nome que o seu


Onde eu me perco
Onde eu me encontro
E por fim...me recomponho a cada noite

Por que não existem mãos melhores
Ou lugares e destinos que me façam tão
Distante do mundo...

Que me façam tão bem
Sem precisar desse ego
Ou de qualquer coisa...

Mas esses olhos...
Esse sorriso...
Essas mãos...

Destes sim eu faço toda questão
Pois já não fazem só parte de ti
Mas também de mim...

2 comentários:

  1. Essa bela aquarela de paixão é sem dúvidas uma de suas melhores obras. Liiiiiiiiiiiindo.

    ResponderExcluir
  2. Explicar as cores do amor é dificil, mas o importante é que elas são vivenciadas..
    Aproveitar cada momento é fundamental para que essa magia das cores estejam sempre presentes na sua vida..

    ResponderExcluir

Experimente

Loading...