quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

#52

Sim

Eram luzes que subiam ao céu
Sem qualquer ajuda sequer
E mesmo assim faziam nossa noite

Pés se acomodavam no chão
Enquanto alguns olhos cansados
Assistiam o melhor espetáculo acontecer

Uma mágica em 3D
Criada por olhos e mente
Sem se esconder do verdadeiro "eu"

Os céus e a terra
Pareciam se encontrar
Diante de muitos que admiravam

...E se apaixonavam...

A noite parecia ser de todos aqueles
Que tinham fé, e que tinham vida
Mesmo tendo uns mais que os outros

Tudo era repleto de calor
Que subia em forma de vapor
E se perdia para o sempre

E para o nada

Por um minuto, nós realmente parecíamos
Estar além e tudo e de todos
Mas inclusive de nós mesmos

Que outrora corríamos atrás de ventos
E acabávamos por nos perder
Em mundos que jamais gostaríamos

...Talvez os nossos...

Mas hoje amamos o fardo
Que nos trouxe ao início
De mais uma temporada da vida

Tão amada por esses olhos

Que cansados ou não,
Conseguem enxergar o sorriso daquele que ama
E que ama o tremor daquilo que sente
Pois seu coração ainda bate

E há de bater por muito...









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Experimente

Loading...